1' abr. de 2010: careço da presença. do estar de alguém. mas soa um mal. defeito da fragilidade, talvez. o tom de susto me incomoda. então esse é o problema? eu só quero o laço da necessidade que esbarra na falta. a vontade que passa além do cansaço e dos pesares da preguiça. que o encontro seja o combustível, a redenção para o nosso corpo pesado. eu quis. me projetei nas horas. fosse assim me acalmava. fosse assim orava tranquila, sem petições ao meu Deus.

Nenhum comentário: