7' mar. de 2010: quando nos tocamos sinto uma vontade inexplicável de viver o infinito.

Nenhum comentário: