00h não durmo. 03h troco de lado na cama. 05:50h o despertador. 05:55h meu corpo pesa. 6h faz frio. 06:22h o dia amanhece rosa. 7h engarrafamento. 07:20h - bom dia. 08:11h ainda falta. 09:30h café. 09:31h me canso. 10:40h preciso de um abraço. 10:41h ausência em voga. 11h chove. 11:55h perdi a voz num grito. 12:40h segundo engarrafamento. 15h a mesma pontada. 15:18h quero a constância das coisas. 16:47h meu coração dói. 16:48h literalmente. 16:49h diagnóstico: estresse e coluna. 16:53h penso em florais. 17:17h uma risada para constatar os fatos. 17:31h batimentos acelerados. 17:59h silêncio. 18h sinal vermelho. 18:18h perco meia vida no trânsito da cidade. 18:35h o sono é desregulado por pura displicência. 18:36h bato a cabeça no vidro. 19h banho quente. 19:20h meu corpo tão longo. 19:37h tento um alongamento. 19:38h me sinto desajustada. 19:39h penso na etimologia da palavra desajuste. 20h o vapor do espelho me traz novas curvas. 20:01h a solidão não tem formato algum. 20:37h disperso no meio de uma oração. 20:38h tento uma prece antiga. 20:39h Deus pai, me cura da ilusão.

Nenhum comentário: