o peso do mundo é o amor. sob o fardo da solidão, sob o fardo da insatisfação. o peso, o peso que carregamos é o amor. quem poderia negá-lo? em sonhos nos toca o corpo, em pensamentos constrói um milagre, na imaginação aflige-se até tornar-se humano – sai para fora do coração ardendo de pureza – pois o fardo da vida é o amor, mas nós carregamos o peso cansados e assim temos que descansar nos braços do amor, finalmente temos que descansar nos braços do amor. nenhum descanso sem amor, nenhum sono sem sonhos de amor – quer esteja eu louco ou frio, [...] o último desejo é o amor - não pode ser amargo, não pode ser negado, não pode ser contido quando negado: o peso é demasiado.


- a. ginsberg

Nenhum comentário: