repito: onde mora a delicadeza?

Nenhum comentário: