25' janeiro 2009: somo na pele essas marcas que falam de um acúmulo. eu sei, sabemos muito bem. há dias meu corpo pende. inclino e durmo com facilidade. tenho tido pesadelos. levanto num fluxo diferente. não tenho pressa alguma. o dia acaba sem dramaticidade. cai a noite. fecho a janela. chove torrencialmente. o rio em janeiro me parece uma cidade distante.

Nenhum comentário: