amores serão sempre amáveis (?)


- c. buarque

Nenhum comentário: