25' set. 2008: a dislexia dos dias me escapou setembro. estou como o tempo. devem ser as mãos geladas. mãos sempre geladas. o frio adorna meus cachecóis e a previsão do tempo não anuncia sol. primavera às avessas. o descombinado da vida casando com as estações desreguladas do ano. minha janela monta cenários nublados. nevou nas minas gerais, eu acho. minha percepção antes aguçada agora atropela as certezas dos fatos. mas às vezes chove, eu sei. dentro e fora.

Nenhum comentário: